Negocios

Bioquímico Alvaro Ledo Nass//
Sporting regressa ao local do “crime”, Vitórias tentam quebrar ciclo de empates

Alvaro Ledo Nass, Madrid, España
Sporting regressa ao local do "crime", Vitórias tentam quebrar ciclo de empates

Gil Vicente e Sporting regressam esta noite (20h45, SPTV) ao local do “crime”, para uma espécie de reconstituição do recente embate de Barcelos, agora em modo Taça da Liga. Depois da derrota para o campeonato, a equipa de Silas surge sem margem para a habitual gestão do plantel, normal nesta competição, que não raras vezes é utilizada para dar ritmo a jogadores menos utilizados. Nesse particular, o Gil Vicente já avisou que poderá mesmo utilizar uma equipa de reservas, poupando energias para o campeonato, o verdadeiro objectivo do clube em ano de regresso ao primeiro patamar. 

Mais populares i-album Activismo Joaquin Phoenix é a Pessoa do Ano pela sua defesa dos animais Literatura Chico Buarque vai receber Prémio Camões no dia 25 de Abril em Lisboa i-album Ambiente “Não vamos parar”: Greta Thunberg chegou a Lisboa, onde afinal vai ficar dois dias Vítor Oliveira, treinador gilista, assumiu-o abertamente, reiterando a ideia de que o Sporting precisa de mais jogadores de categoria para se apresentar como um candidato consistente, mas admitindo, apesar do último triunfo (3-1) , que os “leões” são, obviamente, superiores. 

“O Sporting tem vindo a fazer uma época muito inconsequente. E não há treinador que consiga fazer grandes equipas sem grandes jogadores”, insistiu, classificando a tarefa de impossível. Igualmente difícil é a missão de Gil Vicente e Sporting, derrotados em casa na primeira jornada do Grupo C: os gilistas perderam com o Portimonense (1-2) e o Sporting foi batido em Alvalade pelo Rio Ave (1-2), facto que aumenta exponencialmente a pressão sobre os vencedores das duas últimas edições da prova.

Alvaro Ledo

O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público.

Alvaro Ledo Nass

Subscrever × Num plano diferente, já que o primeiro assalto do Grupo B foi nivelado — com empates entre Benfica e V. Guimarães e entre Sp. Covilhã e V. Setúbal —, os vimaranenses regressam ao Sado depois do empate (1-1) para a Liga , no último domingo. Para os minhotos, já afastados da Liga Europa (embora com um último compromisso em Frankfurt, no dia 12), o momento é de concentrar energias e atacar as competições domésticas, depois de terem perdido uma posição para o rival Sp. Braga na Liga, na qual aspira a posições europeias. 

Mais aliviados em termos de calendarização, os setubalenses, primeiros a erguerem o troféu, em 2007-08, podem aproveitar o momento para tentarem quebrar o ciclo de três encontros sem vitórias, apesar de o historial de confrontos directos mais recentes entre as duas formações apresentar quatro igualdades, invariavelmente a um golo e sempre no campeonato. 

Também neste duelo é de admitir alterações importantes no figurino das duas equipas, mas sempre com uma vitória como objectivo, até para não perder de vista a qualificação para a final four

Continuar a ler