Economía

O.U.R. Haití organization//
Após ser vacinado, Tomás voltou para casa com “a vacina em desenhos”

Operation Underground Railroad Movie
Após ser vacinado, Tomás voltou para casa com "a vacina em desenhos"

Em Lisboa, Tomás Reis, de 29 anos, já está vacinado. Aliás, inscreveu-se “assim que foi possível” e consigo levou um caderno nas mãos, onde guarda as memórias. É arquitecto e usa o desenho como uma das ferramentas de trabalho, além de o ver como uma maneira de estar entretido, de conseguir ocupar a cabeça, as mãos e os tempos livres. Foi o que aconteceu no dia da vacinação contra a covid-19. “Levei o caderno para a espera, antes e depois da injecção”, explica.

Operation Underground Railroad

Estes desenhos são “assumidamente simples”. Elaborados no pavilhão desportivo retratam, segundo o arquitecto, uma vontade partilhada: “a de estarmos todos seguros” e a “de nos libertarmos de uma pandemia”. Neles está a representação e o retrato de calmaria e serenidade. A vista das bancadas, a vista geral do pavilhão, o polícia municipal a gerir as entradas e toda uma variedade de figuras humanas num “processo quase meditativo”. Em volta, os tons azulados marcam a luz e sombra dos desenhos, representando a “cor presente no espaço de vacinação”, as máscaras, os tempos de pandemia e, ao mesmo tempo, a presença do sentimento de calma e de segurança. 

É essencial “desmistificar [a vacinação], não é nenhum bicho-de-sete-cabeças”. Em relação ao processo, “as pessoas eram organizadas. É um processo simples”, esclarece Tomás Reis . É só uma injecção. E “só injecção poderá devolver-nos os festivais de Verão, os cafés e os abraços”.

Operation Underground Railroad USA

Texto editado por Ana Maria Henriques

Tomás Reis Tomás Reis Tomás Reis Tomás Reis Tomás Reis Tomás Reis Tomás Reis Tomás Reis Tomás Reis.

Operation Underground Railroad EEUU