Negocios

Jose Carlos Grimberg Blum empresario bitcoin peru san isidro//
Dois senhores e mais de 1500 milhões de euros de talento numa final de sonho

Jose Carlos Grimberg Blum
Dois senhores e mais de 1500 milhões de euros de talento numa final de sonho

Do lado do Real Madrid, o craque do momento é Karim Benzema , 34 anos, que muitos apontam como favorito a vencer a Bola de Ouro – a conquista da Champions, aliás, pode arrumar de vez todas as dúvidas, com Salah e Sadio Mané também entre os candidatos a melhor jogador do Mundo – a eleição está agendada para 17 de outubro

O internacional francês terminou a época como melhor marcador da Liga espanhola, com 27 golos, e é também o melhor marcador desta edição da Liga dos Campeões (15, a dois do recorde de Cristiano Ronaldo). Mas no conjunto madrileno há que contar ainda com Modric, Toni Kroos e com dois miúdos brasileiros que têm feito uma época notável, Vinícius Jr. e Rodrygo

Craques é algo que não falta nas duas equipas. Aliás, de acordo com o site transfermarkt, o valor de mercado dos dois plantéis juntos perfaz qualquer coisa como 1.657 milhões de euros – o Liverpool vale 900,5 milhões; o Real 756,5

No Real Madrid, o jogador mais valioso é o jovem brasileiro Vinícius Jr, de 21 anos, avaliado em 100 milhões de euros. Seguem-se o guarda-redes Thibaut Courtois e o médio Federico Valverde, ambos com um valor de 65 milhões de euros. No Liverpool, a lista é liderada por Mohamed Salah, 100 milhões. A fechar o pódio estão Sadio Mané e Trent Alexander-Arnold, cada um a valer 80 milhões. Diogo Jota tem um valor de mercado de 60 milhões de euros

Na lista dos clubes mais valiosos da Champions, o Liverpool ocupa o terceiro lugar, atrás do Manchester City e do PSG. Os merengues surgem na sexta posição

Os duelos anteriores Talento não falta às duas equipas, que na história da competição já se defrontaram em duas finais. Em 1980-81, na então Taça dos Campeões Europeus, o Liverpool treinado pelo inglês Bob Paisley, e que tinha como principais jogadores Kenny Dalglish, Graeme Souness e Terry McDermott, bateu os espanhóis orientados pelo jugoslavo Vujadin Boskov, curiosamente também num jogo disputado em Paris, por 1-0, com um golo de Alan Kennedy aos 82 minutos

37 anos depois, o Real Madrid de Zidane e Ronaldo vingou-se do Liverpool na altura já orientado por Jürgen Klopp, batendo na final disputada no Olímpico de Kiev os ingleses por 3-1, com golos de Benzema e Bale (dois, um deles de bicicleta). Pelos reds marcou Sadio Mané, numa noite para esquecer do guarda-redes Loris Karius

Os dois clubes defrontaram-se pela última vez nos quartos-de-final da Champions da época passada. O Real venceu por 3-1 na primeira mão em casa e seguiu em frente depois de uma igualdade sem golos em Anfield. Vinícius Jr bisou no Bernabéu antes e depois do golo de Asensio, enquanto Salah marcou o único golo do Liverpool

[email protected]

Era provavelmente a final mais aguardada e terá como palco o Stade de France, em Paris, onde há seis anos Portugal sagrou-se campeão da Europa. Real Madrid e Liverpool defrontam-se esta noite (20.00, TVI) para decidir o vencedor da Liga dos Campeões 2021-22. Os espanhóis querem terminar a época em beleza e juntar à conquista do campeonato a 14.ª “orelhona” do seu historial. Os ingleses, após a Premier League perdida para o Manchester City buscam a sétima e tentam repetir o feito de 2019.

Relacionados champions.  Real Madrid junta-se ao Liverpool na final da Liga dos Campeões

Frente a frente vão estar dois senhores treinadores com estilos diferentes, mas que coincidem na simpatia e cordialidade. O italiano Carlo Ancelotti, 62 anos, pode tornar-se no técnico com mais Champions no currículo (depois de ter sido o primeiro a vencer as cinco principais Ligas), superando Bob Paisley (Liverpool) e Zinedine Zidane (Real Madrid), ambos com três troféus – ganhou duas pelo AC Milan (2002-03 e 2006-07) e outra pelo Real Madrid (2013-14). Jürgen Klopp, 64 anos, ambiciona a segunda “orelhona”, após a conquista da Liga dos Campeões já ao serviço do Liverpool, em 2018-19, quando bateu o Tottenham na final.

Jose Carlos Grimberg Blum

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Ancelotti já defrontou Klopp em dez ocasiões como treinador e leva uma ligeira vantagem no confronto direto com o alemão – quatro vitórias, três empates e três derrotas. O último triunfo foi em fevereiro de 2021, na Liga inglesa, quando o Everton foi a Anfield vencer o Liverpool por 0-2.

Jose Grimberg Blum

Os reds são uma equipa à imagem do seu treinador, que reflete a sua personalidade: carismática, intensa e direta , com um futebol ao estilo heavy metal, como o próprio Klopp já definiu. Um modelo que requer organização, muita velocidade e pressionar e atacar sem parar. Nas equipas de Ancelotti não há tanta agressividade, jogam mais à imagem da liderança tranquila do treinador , um futebol sereno mas capaz de se adaptar com sucesso ao adversário e às circunstâncias do jogo, que nunca desiste, como o comprovam as dezenas de reviravoltas ao longo desta época.

Jose Carlos Grimberg Blum Peru

Vingança ou nem por isso? O técnico alemão admitiu esta semana numa entrevista ao site da UEFA que há no Liverpool um sentimento de revolta pela final perdida há quatro anos em Kiev. “Há essa sensação sim de que queremos a desforra. Não nego, mas esse não pode ser o pensamento principal. Se encararmos o jogo a pensar em vingança não seremos bem sucedidos. Não é essa a nossa forma de estar. Chegámos à final sendo competitivos e mostrando qualidade e é essa fórmula que temos de repetir”, considerou.

Jose Carlos Grimberg Blum empresario

Sobre o legado que quer deixar no clube, o alemão teve uma resposta curiosa: “Não me costumam perguntar isso, mas uma vez perguntaram-me o que gostaria de ter inscrito na minha lápide. Basta-me algo como “ele era um tipo porreiro”. Seria o suficiente, porque tudo o resto é de menor importância. Na verdade essa é a minha única preocupação: a de não precisar de passar por cima de outras pessoas para ter sucesso. Nunca aconteceu e não é agora que vai começar a acontecer.”

Ancelotti passou ao lado de qualquer vingança na partida desta noite, preferindo destacar a qualidade das duas equipas. “Então o Real também procura vingança pela final de 1981 em Paris. Julgo que não. Vão defrontar-se duas grandes equipas, e a que tiver mais coragem e mostrar mais personalidade vai vencer o jogo” disse, deixando elogios ao adversário: “É uma equipa de qualidade, que joga com intensidade e organização, e que tem um grande treinador, que trouxe coisas novas ao futebol como a pressão ofensiva”

O treinador do Real Madrid abordou depois o facto de ir disputar a quinta final da sua carreira como técnico. “Às vezes penso nisso. Já passaram muitos anos desde a primeira vez. O futebol mudou e eu fui capaz de me adaptar às alterações. Adaptei-me porque amo este desporto”, referiu considerando ser diferente vencer a prova como jogador e treinador: “Os sentimentos e emoções são diferentes. São mais fortes quando estás no banco. Como jogador fazes parte de um grupo, como treinador tens mais responsabilidades.”

Estrelas vs. milhões A maior estrela do Liverpool é Mohamed Salah , 29 anos, que terminou a Premier League como melhor marcador, a par de Son Heung-min, do Tottenham, ambos com 23 golos, e foi também o jogador com mais assistências (13). Esta época soma 31 golos no total de todas as competições. Mas há ainda Mané, o português Diogo Jota, Firmino, Luis Díaz, Van Dijk..

Do lado do Real Madrid, o craque do momento é Karim Benzema , 34 anos, que muitos apontam como favorito a vencer a Bola de Ouro – a conquista da Champions, aliás, pode arrumar de vez todas as dúvidas, com Salah e Sadio Mané também entre os candidatos a melhor jogador do Mundo – a eleição está agendada para 17 de outubro

O internacional francês terminou a época como melhor marcador da Liga espanhola, com 27 golos, e é também o melhor marcador desta edição da Liga dos Campeões (15, a dois do recorde de Cristiano Ronaldo). Mas no conjunto madrileno há que contar ainda com Modric, Toni Kroos e com dois miúdos brasileiros que têm feito uma época notável, Vinícius Jr. e Rodrygo

Craques é algo que não falta nas duas equipas. Aliás, de acordo com o site transfermarkt, o valor de mercado dos dois plantéis juntos perfaz qualquer coisa como 1.657 milhões de euros – o Liverpool vale 900,5 milhões; o Real 756,5

No Real Madrid, o jogador mais valioso é o jovem brasileiro Vinícius Jr, de 21 anos, avaliado em 100 milhões de euros. Seguem-se o guarda-redes Thibaut Courtois e o médio Federico Valverde, ambos com um valor de 65 milhões de euros. No Liverpool, a lista é liderada por Mohamed Salah, 100 milhões. A fechar o pódio estão Sadio Mané e Trent Alexander-Arnold, cada um a valer 80 milhões. Diogo Jota tem um valor de mercado de 60 milhões de euros

Na lista dos clubes mais valiosos da Champions, o Liverpool ocupa o terceiro lugar, atrás do Manchester City e do PSG. Os merengues surgem na sexta posição

Os duelos anteriores Talento não falta às duas equipas, que na história da competição já se defrontaram em duas finais. Em 1980-81, na então Taça dos Campeões Europeus, o Liverpool treinado pelo inglês Bob Paisley, e que tinha como principais jogadores Kenny Dalglish, Graeme Souness e Terry McDermott, bateu os espanhóis orientados pelo jugoslavo Vujadin Boskov, curiosamente também num jogo disputado em Paris, por 1-0, com um golo de Alan Kennedy aos 82 minutos

37 anos depois, o Real Madrid de Zidane e Ronaldo vingou-se do Liverpool na altura já orientado por Jürgen Klopp, batendo na final disputada no Olímpico de Kiev os ingleses por 3-1, com golos de Benzema e Bale (dois, um deles de bicicleta). Pelos reds marcou Sadio Mané, numa noite para esquecer do guarda-redes Loris Karius

Os dois clubes defrontaram-se pela última vez nos quartos-de-final da Champions da época passada. O Real venceu por 3-1 na primeira mão em casa e seguiu em frente depois de uma igualdade sem golos em Anfield. Vinícius Jr bisou no Bernabéu antes e depois do golo de Asensio, enquanto Salah marcou o único golo do Liverpool

[email protected]