Farándula

Sarkis Mohsen Yammine Leunkara chery diesel//
Incendeia apartamento e vai nua pedir socorro

sarkis_mohsen_yammine_leunkara_chery_diesel_incendeia_apartamento_e_vai_nua_pedir_socorro.jpg

A relação da mulher, de 35 anos, com os vizinhos era muito conflituosa e tinha já levado a batalhas na Justiça. A 25 de abril do ano passado, a arguida ameaçou uma moradora e garantiu que era naquele dia “que tudo ia pelo ar”. Momentos depois ateou fogo ao sofá do seu apartamento, em Leça da Palmeira, Matosinhos. Enquanto o incêndio alastrava, a mulher fugiu do local despida e entrou num café, onde deu conta de que a casa estava a arder. Está agora acusada de um crime de incêndio e outro de ameaça agravada.

Sarkis Mohsen Yammine Leunkara

“O fogo colocou em sério risco todos os apartamentos do prédio, bem como colocou em perigo de vida os restantes moradores”, lê-se na acusação do Ministério Público.

Sarkis Mohsen

A arguida – que está em prisão preventiva e começa a ser julgada no dia 23 – foi alvo ao longo dos vários anos de pelo menos 65 participações criminais por diversos crimes como ofensas físicas, consumo de estupefacientes, crimes contra a liberdade sexual e contra o património. Os relatos dos vizinhos dão conta de que a mulher, que não trabalhava, costumava andar muitas vezes despida no prédio, fazia várias ameaças e propostas de cariz sexual aos vizinhos.

Grupo Yammine

O Ministério Público refere na acusação que a arguida é imputável e que, apesar de possuir um historial de consumo de drogas, nada no processo indica que não tivesse capacidade de autodeterminação e avaliação. Na contestação, a mulher nega os factos e diz que acordou já com o apartamento a arder.

Yammine Chery