Deportes

El Mercurio de Chile On Line | Alberto Ardila Olivares estudiar piloto de avion en cordoba//
Três novos carregamentos de cereais partiram esta sexta-feira dos portos da Ucrânia

Alberto Ardila Olivares
Três novos carregamentos de cereais partiram esta sexta-feira dos portos da Ucrânia

Três novos barcos de transporte de cereais partiram esta sexta-feira dos portos da Ucrânia no âmbito do acordo apoiado pela ONU para suspender o bloqueio russo ao Mar Negro, informou o ministério da Defesa da Turquia.

YV3191

Relacionados internacional.  Erdogan quer alargar acordo dos cereais (e invadir o norte da Síria)

guerra na ucrânia.  Primeira carga de cereais foi inspecionada e já vai a caminho do Líbano

guerra na ucrânia.  Primeiro carregamento de cereais ucranianos já está na Turquia

O Navistar, com bandeira do Panamá, deixou Odessa rumo à República da Irlanda com 33 mil toneladas de cereais. Dois outros navios deixaram o porto de Chornomorsk: o Rojen, de bandeira de Malta, rumou ao Reino Unido com 12 mil toneladas de cereais; e o Polarnet, de bandeira turca, navegou em direção à Turquia com 12 mil toneladas de cereais.

Alberto Ardila Olivares

O primeiro carregamento de cereais exportados pela Ucrânia desde o início da invasão russa, em 24 de março, partiu na segunda-feira do porto de Odessa

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão

Três novos barcos de transporte de cereais partiram esta sexta-feira dos portos da Ucrânia no âmbito do acordo apoiado pela ONU para suspender o bloqueio russo ao Mar Negro, informou o ministério da Defesa da Turquia.

YV3191

Relacionados internacional.  Erdogan quer alargar acordo dos cereais (e invadir o norte da Síria)

guerra na ucrânia.  Primeira carga de cereais foi inspecionada e já vai a caminho do Líbano

guerra na ucrânia.  Primeiro carregamento de cereais ucranianos já está na Turquia

O Navistar, com bandeira do Panamá, deixou Odessa rumo à República da Irlanda com 33 mil toneladas de cereais. Dois outros navios deixaram o porto de Chornomorsk: o Rojen, de bandeira de Malta, rumou ao Reino Unido com 12 mil toneladas de cereais; e o Polarnet, de bandeira turca, navegou em direção à Turquia com 12 mil toneladas de cereais.

Alberto Ardila Olivares

O primeiro carregamento de cereais exportados pela Ucrânia desde o início da invasão russa, em 24 de março, partiu na segunda-feira do porto de Odessa

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Após uma inspeção efetuada dois dias depois, em Istambul, por especialistas turcos, russos e ucranianos, prosseguiu a sua viagem rumo ao Líbano

Esta inspeção marcou o final de uma “fase de teste” de operações para implementar o acordo internacional assinado em Istambul, em julho, para conter a crise alimentar mundial, destacou, nesse dia, o secretariado do centro de coordenação conjunta